*


Próximas Oficinas:

30 de Julho

Projeto Re/Forma – COIMBRA

Como tirar fotografias sem recurso a uma câmara? A Associação Tira-Olhos, espaço de partilha e experimentação criado em 2019, propõe duas oficinas focadas em processos fotográficos lentos e artesanais. Na contracorrente dos habituais ciclos de consumo, dá-se atenção ao trabalho com suportes e matérias-primas que resultam de excedentes da produção comercial e, neste caso, elementos que podemos encontrar no Jardim Botânico. 

𝘼𝙉𝙏𝙊𝙏𝙄𝙋𝙄𝘼 (anthos = flor + typos = marca/impressão): processo fotográfico efémero que se baseia na fotossensibilidade de certos corantes presentes na natureza. Nesta oficina, os/as participantes irão aprender a reconhecer a fotossensibilidade dos elementos botânicos, experimentando com diferentes formas de extração desses corantes naturais e transformando-os em soluções de trabalho. Essas soluções serão depois aplicadas em suportes de papel reciclado, permitindo fazer impressões fotográficas por contacto.

𝘾𝙄𝘼𝙉𝙊𝙏𝙄𝙋𝙄𝘼: Um dos primeiros processos fotográficos a permitir a criação de imagens, estáveis, obtidas por ação da luz, através da sensibilidade dos sais de ferro. Os/as participantes vão construir imagens a partir da vegetação circundante, que poderão ou não conjugar com outros elementos gráficos (matrizes digitais, desenhos fotográficos, etc.).

Cada oficina funciona em dois horários (manhã ou tarde): 10H00-13H00 ou 15H00 às 18H00.

Evento de entrada livre sujeito a reservas para re.forma.bluehouse@gmail.com. Indicar oficina(s) e horário(s) pretendidos.


ARQUIVOS

Fotografia e Catarse | Therapeutic Photography

Actualizações sobre os workshops em https://www.instagram.com/tiraolhos_atelier_lx/ e https://www.facebook.com/TIRAOLHOSFotografiaExperimental